INSS Trabalhador Autônomo: Dicas e conselhos para quem trabalha por conta própria

A grande oferta de produtos dos mais diversos seguimentos para o trabalho autônomo tem chamado a atenção de muitas pessoas, inclusive dos que nunca imaginaram trabalhando por conta própria. Roupas, acessórios para casa e uso pessoal, cosméticos e até eletrodomésticos podem ser comercializados de forma autônoma e elevar a renda familiar consideravelmente em pouco tempo de trabalho.

Compromissos do Trabalhador Autônomo

Muitas pessoas que deixaram o trabalho fichado, no caso fixo por um trabalho autônomo, por conta própria, em sua maioria estão muito satisfeitos, pois não precisam mais ouvir ou receber cobranças, fazem seus horários e dependendo do que se comercializa, pode atrair muitos clientes através de descontos oferecidos sem precisar consultar uma empresa que geralmente fica com a maior parte dos lucros.

Mas este tipo de trabalho requer um compromisso maior do que em um emprego fixo, pois a pessoa só obterá sua renda semanal ou mensal se fizer por onde. Neste texto daremos algumas dicas importantes para quem pretende ou já trabalha por conta própria.

inss trabalhador autonomo

Controle Financeiro

A primeira coisa a ser feita é sempre calcular bem seus gastos e investimentos, tendo a consciência que como em todo começo de negócio, sua lucratividade será baixa, até você conseguir um numero bom de clientes fieis a seus produtos. Um bom conselho neste caso é que você diminua os gastos desnecessários, isso pode ajudar em seu orçamento.

É importante também que se evite fazer dívidas que você não possa pagar. No caso para os que trabalham com vendas, para revender os produtos compre apenas a quantidade que você conseguirá pagar mesmo que não venda de imediato, pois assim não ficará sem ter condições de fazer um novo pedido de produto, seja ele qual for.

Contribuição do INSS

Faça um cadastro como contribuinte individual do INSS Autônomo, no caso sendo um micro empreendedor, isso lhe garantirá uma segurança sobre quais quer problema que venha a existir e que seja coberto pelo INSS.

Para gerar a GUIA GPS para pagamento do INSS, basta se dirigir até uma das agências do INSS em sua cidade.

Sempre tenha uma reserva de dinheiro guardado, para possíveis imprevistos. Além disso, tente sempre que possível guardar entre 10 e 20% de rua renda mensal para que possa suprir a falta do seu 13° salário.

Antes de fechar qualquer tipo de negócio ou acordo onde exista um contrato, certifique-se dos seus gastos e lucros no mesmo, fazendo um planejamento mensal deste acordo. E sempre registre tudo em cartório para garantir o cumprimento do mesmo.

Certamente com essas e outras dicas você poderá ter ainda mais sucesso em seus negócios, desde que sempre esteja disposto à seguir cada recomendação e cuidar bem de suas finanças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *